top of page

Sinais de uma pele madura e como cuidar dela nessa fase

A pele é o maior órgão do corpo humano e reflete as mudanças que ocorrem ao longo da vida. A pele da mulher, em especial, sofre influências de fatores hormonais, genéticos, ambientais e de estilo de vida, que podem alterar sua aparência, textura e função. Uma das fases mais marcantes na pele da mulher é a transição da pele adulta para a pele madura, que geralmente acontece a partir dos 40 anos de idade.


A pele adulta é caracterizada por ser firme, elástica, hidratada e com poucas rugas ou manchas. Ela tem uma boa capacidade de regeneração e cicatrização, e uma boa defesa contra as agressões externas.


A pele adulta pode apresentar alguns sinais de envelhecimento precoce, como linhas finas ao redor dos olhos ou da boca, poros dilatados ou flacidez leve, mas ainda mantém um aspecto jovem e saudável.


A pele madura é caracterizada por ser mais fina, seca, frágil e com mais rugas ou manchas. Ela tem uma menor capacidade de regeneração e cicatrização, e uma menor defesa contra as agressões externas. A pele madura apresenta sinais de envelhecimento natural, como perda de volume e contorno facial, flacidez acentuada, rugas profundas ou sulcos nasogenianos (bigode chinês), manchas senis ou melasma (manchas escuras causadas pelo sol), e menor luminosidade e viço.


As principais mudanças que indicam que a pele está entrando na fase de pele madura são:


  • Diminuição da produção de colágeno e elastina

Essas são as proteínas responsáveis pela sustentação e elasticidade da pele. Com o passar dos anos, elas vão se degradando e sendo produzidas em menor quantidade, levando à perda de firmeza e à formação de rugas.

  • Diminuição da produção de ácido hialurônico:

Esse é um componente que ajuda a reter água na pele, mantendo-a hidratada e preenchida. Com o passar dos anos, ele vai diminuindo na pele, levando à perda de volume e à desidratação.

  • Diminuição da produção de sebo:

Esse é um óleo natural que lubrifica a pele e forma uma barreira protetora contra as agressões externas. Com o passar dos anos, ele vai diminuindo na pele, levando ao ressecamento e à sensibilidade.

  • Alterações hormonais:

A menopausa é um período que marca o fim do ciclo reprodutivo da mulher e traz diversas alterações hormonais, principalmente na produção de estrogênio. Esse hormônio tem um papel importante na saúde da pele, pois estimula a produção de colágeno, elastina e ácido hialurônico. Com a sua queda, a pele sofre um envelhecimento acelerado.


As necessidades da pele na fase madura são:


Hidratação: a pele madura precisa de produtos que repõem a água perdida e evitam o ressecamento. Os produtos devem conter ingredientes hidratantes, como ácido hialurônico, glicerina, ureia ou ceramidas.


Nutrição: a pele madura precisa de produtos que nutrem a pele e restauram a sua barreira protetora. Os produtos devem conter ingredientes nutritivos, como óleos vegetais, manteigas naturais ou vitaminas.


Firmeza: a pele madura precisa de produtos que estimulam a produção de colágeno e elastina e combatem a flacidez. Os produtos devem conter ingredientes firmadores, como retinol, vitamina C ou peptídeos.


Proteção: a pele madura precisa de produtos que protegem a pele dos raios ultravioleta (UV) e da luz visível, que podem causar manchas, envelhecimento e câncer de pele. Os produtos devem conter filtros solares de amplo espectro, com fator de proteção solar (FPS) de no mínimo 30, e preferencialmente com cor, que forma uma barreira física contra a luz visível.



Комментарии


bottom of page