top of page

Os idosos que estão mudando uma geração e nosso conceito de velhice




Sou suspeita para falar porque sou apaixonada por Gracie & Frankie, mas talvez a série lançada lá em 2015 tenha sido uma importante contribuição para começar a mudar a visão do mundo sobre o papel social dos idosos e o quanto eles têm a contribuir.


É certo que o mundo muda muito rápido, mas eu tenho desenvolvido um hobby que é prestar atenção às histórias e vivências dos mais velhos. É uma forma de respeito e me ajuda a criar um parâmetro equilibrado entre o passado, o presente e o futuro.


Mas também há um movimento muito grande do mercado para garantir o bem estar ao público sênior. E quando o mercado olha para um público de forma comercial a gente sabe que a publicidade é pesada, o que não é de tod ruim se você considerar o quanto isso está contribuindo para também mudar nossa percepção sobre velhice os últimos anos. Você notou?


A inclusão a acessibilidade, cada vez mais produtos e serviços surgindo para o público sênior. Os idosos de hoje fazem parte de uma geração de avós que tem menos netos e mais liberdade financeira para aproveitar a vida.


Assim, alguns encontraram, na internet, acolhimento e oportunidade para correr atrás de sonhos profissionais ainda não realizados ou somente para se divertir. E nesse post vamos falar sobre alguns perfis de idosos que conquistaram a internet e que eu acho simplesmente inspiradores ♥



Modelos e influencers


Recentemente eu conheci o Glamma Beijing, um quarteto de avós chinesas que usam as redes sociais para falar sobre viagens, qualidade de vida na velhice e são modelos de marcas de moda. Uma das influenciadoras do grupo, Lin Wei, de 67 anos, deu uma entrevista ao The New York Times: "Os tempos estão mudando. Precisamos acompanhar a sociedade e nos integrar a ela”, justificou.


Eu só sei que eu não entendo nada do que as músicas ou falas tão dizendo, mas eu simplesmente amoooo ver elas aproveitando a vida hahaha




Outra conta que eu amo é a Withe Hair Wisdon, ela grava vídeos de look do dia e maquiagem parece algo monótono até você compreender o mecanismo gigantesco que esse tipo de conteúdo ajuda a destruir: temos uma mulher de cabelos brancos naturais e pele enrugada dando uma lição enorme de autoestima e confrontando em uma sociedade que por décadas nos convenceu a não aceitar o ciclo natural da vida, buscar a juventude eterna e fazer o de tudo para esconder as rugas e os fios brancos.





Acho que tipo de conteúdo serve esperança (pelo menos para mim, de que quando eu for idosa o mundo será mais gentil do que é hoje e de que a internet ainda tem potencial para ser um lugar legal). E para mim, essas pessoas estão entregando entretenimento autêntico, independência e autoestima, quebrando tabus e principalmente derrubando por terra o medo do envelhecimento que a indústria da beleza vem incutindo, principalmente nas mulheres, ao longo de séculos.


E falando sobre medo de envelhecer quero deixar esse vídeo simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO da atriz e modelo espanhola Pino Montesdeoca falando sobre o autocuidado com a pele na terceira idade para que as pessoas não confundam com a busca da juventude eterna.




Mais alguns perfis para você se inspirar e se divertir!


Iris Apfel (@iris.apfel)














E aí, já conhecia algum desses perfis? O que você achou da reflexão de hoje sobre qualidade de vida na terceira idade e que tipo de pessoa você acha que vai ser quando chegar lá? Tô curiosa para saber. Comenta aqui..



Beijo, Be!

Comments


bottom of page